Buscar
  • agromotivageo

Planejando um reservatório? O plano começa com a terraplanagem. Entenda a sua importância!



A construção de um reservatório seja para canais de irrigação, aquicultura, mineração, aterros sanitários, bacia de contenção ou lagoa de tratamento de efluentes, começa com uma boa terraplanagem, já que todo o projeto estrutural de um reservatório é erguido sobre o solo.

A terraplanagem é a preparação do espaço escolhido para receber a obra. A movimentação de terra contempla basicamente o corte e aterro, onde o corte é a retirada de material (terra), e o aterro é o acréscimo de material ao solo existente. Para este processo são usadas diversas máquinas, como é o caso dos tratores e compactadores, que fazem uma terraplanagem mais superficial e também ajudam na compressão da terra.

Por isso, é importante que uma empresa bem-conceituada, que além de máquinas de qualidade, trabalhe com profissionais qualificados para garantir que seu projeto seja otimizado desde o início do planejamento. Já que a terraplanagem pode ser responsável por até um quinto do custo total de sua obra.

O tempo de execução de uma obra desse tipo varia de acordo com as características do solo. Quanto maior, mais acidentado ou complexo for um terreno, maior é o tempo necessário para concluir essa fase. E, outros fatores também devem ser levados em consideração: a limpeza do local, regime atmosférico e de precipitação, uma vez que muitas chuvas comprometem o trabalho. Mas em média, é possível afirmar que o processo leva de 40 a 90 dia, podendo chegar a 180 dias em locais de alta complexidade.


4 visualizações0 comentário